terça-feira, 5 de outubro de 2010

POR QUE SANTOS DUMONT SUICIDOU-SE?

Alberto Santos Dumont, talvez um dos maiores nomes de nosso País, e por que não um Herói nacional, a sua história foi marcada pela invenção do Avião. Contudo o final da sua História não foi digna aos seus feitos. O brasileiro inventor do avião, terminou a vida em depressão aguda por ver seu invento usado para destruir vidas, durante a Primeira Guerra e outras revoluções que ele mesmo pôde testemunhar. O resultado? Morreu enforcado com a própria gravata num quarto humilde da cidade de São Paulo. Seu corpo foi encontrado por seu sobrinho, que testemunhou para todos o descontentamento do tio em ver a ciência, que tanto amava, usada para destruir vidas ao invés de salvá-las. Os seres Humanos são assim. Usam sua inteligência para a sua própria destruição. Um avião que foi feito para facilitar e encurtar distancias tem sido usado como uma arma de destruição em massa. Mas em meio uma sociedade que esta se autodestruindo, podemos fazer a diferença fazendo o Bem.

“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.” Filipenses 4:8

33 comentários:

  1. Sim, é mesmo lamentável que a ciência, mesmo as que nascem com boas intenções, acabam por serem utilizadas para outros fins...
    Penso o mesmo sobre a descoberta de Einsten.

    ResponderExcluir
  2. Triste... e não é o primeiro nem o último cientista de bem a chegar ao ponto de se matar por ver sua criação deturpada...

    ResponderExcluir
  3. o mesmo aconteceu a einsten, nobel, tesla

    ResponderExcluir
  4. Aconteceu tambem com o criador do liquidificador....que dpois de anos de criado é uma arma forte p/ destruicao de massa...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. O amigo anônimo é engraçadinhoooo kkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Ele suicidou-se a si mesmo...

    ResponderExcluir
  7. O mal não existe, depende apenas do ponto de vista. Se analisarmos todo o progresso e evolução que as guerras trouxeram, veremos que, apesar da crueldade e maldade dos homens que as promoveram, elas trouxeram resultados positivos para os países que delas participaram. Se não fosse a guerra, estaríamos voando ainda de teco-teco, ou quiça nem isso.

    ResponderExcluir
  8. ANÔNIMO, "SE GUERRA TRAZ AVANÇO", o preço desse avanço foi 70 milhões de pessos mortas só na segunda guerra mundial.[fonte http://pt.wikipedia.org/wiki/Segunda_Guerra_Mundial]

    eu acho que saiu muito caro visto que uma minoria faz uso desses avanços

    ResponderExcluir
  9. Tsc, ele só fez o avião voar, quem inventou foram pessoas completamente diferentes. E não, não estou falando dos irmãos dos EUA.

    ResponderExcluir
  10. Texto gramaticalmente muito mal escrito.

    ResponderExcluir
  11. Mal escrito, talvez, mas com boa intenção.
    dahoralinks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. "O mal não existe, depende apenas do ponto de vista. Se analisarmos todo o progresso e evolução que as guerras trouxeram, veremos que, apesar da crueldade e maldade dos homens que as promoveram, elas trouxeram resultados positivos para os países que delas participaram. Se não fosse a guerra, estaríamos voando ainda de teco-teco, ou quiça nem isso."

    Acho difícil vc manter esta linha de raciocínio se fosse sua família que tivesse morrido na guerra.

    ResponderExcluir
  13. Se os professores de Português em Plantão quiserem dar algumas dicas para correção, eu estou aceitando.

    ResponderExcluir
  14. Uma retificação.....
    Santos Dumont não morreu em quarto humilde na cidade de São Paulo, mas sim no Casa Grande Hotel na cidade do Guarujá-SP.
    http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/santos-dumont/suicidio-de-santos-dumont.php

    ResponderExcluir
  15. Uma retificação.....
    Santos Dumont não morreu em quarto humilde na cidade de São Paulo, mas sim no Casa Grande Hotel na cidade do Guarujá-SP.
    http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/santos-dumont/suicidio-de-santos-dumont-3.php
    http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/santos-dumont/suicidio-de-santos-dumont.php

    ResponderExcluir
  16. Só uma observação: Sem tirar o grande mérito de Santos Dumont, ele inventou o avião na França, isto é: dispondo de toda uma sociedade e uma tradição verdadeiramente científica e avançada que lhe possibilitou meios técnicos e investimentos para tal.
    Fosse tentar o invento no Brasil, não teria a menor chance. Até hoje não se inventa nada no Brasil. Muito diferente dos irmãos Wright que foram sim os primeiros a inventar e patentear o avião.

    ResponderExcluir
  17. Santos Dumont não inventou o avião. Ele conseguiu foi vencer um prêmio na França, mas alguns anos antes os irmãos Wright já tinham conseguido voar. E o desenvolvimento da aviação não foi feito por nenhum desses.

    ResponderExcluir
  18. Devemos nos conformar apenas com o fato de Santos Dumont ter sido UM DOS que contribuiram para a descoberta da aviação. Os Irmãos Wright possuem muito mais mérito nesse sentido. É só vc comparar o que se parece mais com o avião, o Flyer dos Wright, ou o 14 Bis.

    Brasileiro precisa parar com essa síndrome de vira-lata. É o único povo que pensa que Santos Dumont inventou o avião.

    Detalhe, essa história de que ele se enforcou por causa da humanidade é papinho furado de professor esquerdista. Ele era um mimado, orgulhoso e devido ao pouco reconhecimento, resolver se matar.

    ResponderExcluir
  19. Amigos, caro blogueiro:
    Santos Dumont além da depressão de seu maior invento ser destinado a guerra, teve com um dos fatores preponderantes a "Esclerose Múltipla", uma doença terrível que vai inibindo progressivamente as atividades motoras. Portanto, não deve-se ter como somente motivo a depressão.

    ResponderExcluir
  20. nao sei quem fala a verdade ou a mentira de qualquer forma isto nao nos enriquece e nem empobrece cada um fala o que quer.

    ResponderExcluir
  21. Santos Dummont não inventou o avião, o avião foi criado por dois irmãos norte americanos, nesse período Santos Dummont ainda fabricava balões, essa confusão de deve ao fato de ter sido Santos Dummont a dar o primeiro vôo na frente dos holofotes, enquanto os verdadeiros criadores se preocupavam em disseminar e lucrar com seu feito.

    ResponderExcluir
  22. Discordo veementemente, pois o "Flyer", o planador travestido de avião dos irmãos Wright NÃO decolou uma vez sequer por seus próprios meios, mas sim catapultado ou ladeira abaixo. Ora, catapultadas até pedras voam. Já o 14-Bis decolou pelo seu motor e manteve-se no ar por tempo suficiente para que o VÔO DE VERDADE fosse homologado e Santos Dumont recebesse o Prêmio Archdeacon. É certo que Clément Ader já havia realizado vôos, mas sob sigilo militar, não tendo como homologá-los, ainda mais depois que o teste com o "Avion III" fracassou. Ah, por último mas não menos importante, o vôo comemorativo do centenário do "Flyer" foi um completo fiasco, o arremedo de aeronave não saiu do chão, nem mesmo para ficar longe de George W. Bush e seu discursinho cretino.

    ResponderExcluir
  23. "Ele era um mimado, orgulhoso e devido ao pouco reconhecimento, resolver se matar. "
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Q revolta heim?!

    ResponderExcluir
  24. Brasileiro é fogo mesmo, onde ja se viu, em vez de incetivar e divulgar que um Brasileiro contribuiu para a história da aviação, não, fica falando desses irmãos de sei la onde....é por causa desses Brasileiros, que nem deveriam ser Brasileiros, que estamos onde estamos....pensamentos mesquinhas e sem nacionalidade que dominam esse País, só pode....

    ResponderExcluir
  25. É muita falta de informação de determinados sujeitos, que não têm nenhum respeito, além de tudo pela história da própria nação. Procurem informações a respeito desta questão, ao invés de julgarem a história por meros comentários que vocês ouvem por ai, vindo de outros desinformados.
    A questão é que o vôo de Santos Dumont foi testemunhado por uma multidão, além de ter sido filmado e divulgado pela imprensa ao mundo todo, enquanto os irmãos Wright tentavam construir um avião. E os Wright, depois de inúmeras tentativas frustradas(sendo que duas delas foram cobertas pela imprensa), ao verem que outra pessoa havia conseguido o feito, o que restava a eles era coletar informações técnicas sobre este feito. E foi o que eles fizeram ao se corresponder com um capitão chamado Ferber do aeroclube francês. E só dois anos depois, eles conseguiram realizar o primeiro vôo em público também em Paris. E depois disso eles divulgaram fotos de um suposto vôo que eles teriam feito anos antes do 14-bis e tambêm informações de um diário que eles teriam escrito na mesma época sobre o projeto deles, e o que se sabe, nesse diário consta diversas contradições. E além do suposto primeiro vôo ter sido testemunhado por cinco pessoas sendo que uma delas era uma criança, e outra testemunha ter desmentido essa história muitos anos depois. Além de todas as réplicas fiéis ao protótipo terem falhado no decorrer dos anos, e inclusive no centenário. E o que se sabe o avião dos Wright precisava de uma catapulta para conseguir a decolagem, e necessitava de ventos fortes o suficiente para mante-lo no ar. O que prova que o protótipo deles não passava de um planador (e o que se sabe quem inventou o planador foi o alemão Otto Lilienthal anos antes). E só a partir da década de 40 é que esta história foi concebida oficialmente pelos Estados Unidos. E a maioria dos norte americanos aceitam esta história como verdadeira, simplesmente por puro patriotismo, sem sequer em se preocuparem em pesquisá-la.
    Enquanto lastimavelmente há brasileiros que não respeitam a história e a cultura de seu próprio país, preferindo defender a de outros paises sem nenhum escrúpulo. Estes mesmos deveriam mudar-se para o país que defendem, e renunciarem a sua nacionalidade, talvez assim o Brasil melhorasse pelo menos culturalmente.

    ResponderExcluir
  26. Concordo plenamente achar que os irmãos Writh inventaram o avião é uma completa falta de informação só os americanos acreditam nisto

    ResponderExcluir
  27. ele viu que ele tinha feito uma coisa extraordinaria coisa que poucos naquela epoca tinha inteligencia capacitada para construir alem de interesse pela fisica,estudos da eletricidade e da mecanica tudo para conquistar o ar...
    ele fez com um objetivo obvio, mas nem todos viam da mesma forma.
    ninguem reconheceu o seu esforço o seu trabalho e dedicaçao...
    infelismente foi uma epoca que todos do mundo nao agradeceria ao seu trabalho pois era só mais um avanço mecanico e eletrico. Entao isso tudo ele repensou mts veses ate pelo fato de ter sido uma epoca de guerra e usar o ''extraordinario'' dele para entrar em guerra com outros paises.
    por isso ele se matou!
    por que o trabalho dele , a criaçao nao tinha mais valou.entres outros motivos e fatos da epoca também contribuíram!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda essa questão levanta um tema tão atual e ao mesmo tempo antigo: Inovação, Dumont foi um inovador radical, pois não havia aparelho similar,mas apesar de seu descontentamento, acredito que ele faria tudo denovo, pois se ele soubesse o futuro saberia que se ele não o fizesse outro poderia fazê-lo e pelo seu perfil, vemos que sua motivação era pela realização e não por poder e dinheiro e os maiores gênios da humanidade tinham prazer no que faziam, queriam produzir algo útil para a sociedade, isso é inovação

      Excluir
  28. SANTOS DUMONT. NOSSO MAIOR BRASILEIRO DE TODOS OS TEMPOS!!!!!!!!

    SE NÃO FOSSE ELE SABE LÁ SE AINDA IRIAMOS DE NAVIO??????????

    ResponderExcluir
  29. É ingenuidade achar que ele suiciou-se por causa dos rumos bélicos da aviação. Um homem de inteligência mediana saberia que isto seria muito provável,quanto mais um gênio.

    ResponderExcluir
  30. Olá foi uma ótima invenção mas tudo que vem para o bem também alguns aproveitadores usam para fazer o mal para as é uma pena mas infelizmente o ser humano é assim

    ResponderExcluir